Subjetividade, Cinema e Política – Imagem, linguagem e memória no cinema e no contexto contemporâneo

18/11/2017 08:56

Curso de Extensão promovido pelo Departamento de História – Prof. Alexandre Busko Valin – e Departamento de Psicologia – Profa Mériti de Souza. Evento gratuito com certificado para os participantes. Inscrições até 18 de setembro. Enviar e-mail para .

Dia 21 de novembro
Filme: XXY (Lucia P1uenzo)
Debatedores: Rodrigo Otávio Moretti Pires e Mériti de Souza
Miniauditório CFH, 13h30

Evento gratuito, haverá certificado para os participantes.

(mais…)

Conversando sobre “delação premiada” e “lei e subjetividades” com Alexandre Morais da Rosa e Mériti de Souza

03/11/2017 12:26

Mesa Redonda
Alexandre Morais da Rosa – Juiz de Direito e Prof. UFSC – “A delação premiada como sintoma do estado de exceção”
Mériti de Souza – Psicóloga e Profa UFSC – “Lei e subjetividades: compadrio e igualdade como valores”

Apresentação e lançamento do livro
A Experiência da lei e a lei da experiência – ensaios sobre práticas sociais e subjetividades no Brasil
Publicado pela Editora da UFSC
Autora – Mériti de Souza

Local: Auditório do CFH – Centro de Filosofia e Ciências Humanas – da UFSC
Dia: 07 de novembro de 2017
Horário: 19h30

Tags: A Experiência da lei e a lei da experiência - ensaios sobre práticas sociais e subjetividades no BrasilAlexandre Morais da RosaMériti de Souza

1º Seminário Catarinense de Psicologia e Estudos Sobre Deficiência

19/09/2017 14:20

A contribuição do modelo social da deficiência para a promoção de pesquisas e práticas psicossociais voltadas à garantia dos direitos humanos

A produção do conhecimento e as práticas psicológicas no âmbito da deficiência ainda são fortemente pautados no modelo médico e da reabilitação. A patologização das pessoas com deficiência e a redução da experiência da deficiência a uma tragédia médica ainda predominam no contexto da atuação profissional e até mesmo na formação de psicólogas e psicólogos. Diante desse contexto, torna-se muito relevante que a Psicologia incorpore o Modelo Social da Deficiência nas pesquisas e na atuação profissional, bem como considere a deficiência como uma categoria de análise que, na intersecção com outras como gênero, sexualidade, raça e classe social, produz processos de opressão e exclusão social.

Data: 21 de setembro de 2017
Horário: das 13h às 21h
Local: Universidade Federal de Santa Catarina – Auditório do EFI
Endereço completo: Campus Reitor João David Ferreira Lima, s/n – Trindade, Florianópolis – SC

Acesse mais informações; confirma a programação: <http://www.crpsc.org.br/noticias/1-semin-rio-catarinense-de-psicologia-e-estudos-sobre-deficiencia>!

Tags: 1º Seminário Catarinense de Psicologia e Estudos Sobre Deficiência