Centro de Filosofia e Ciências Humanas
  • Evite o ‘Aedes aegypti’: UFSC intensifica campanha durante verão

    Publicado em 16/01/2017 às 7:46


    Para evitar focos do mosquito Aedes aegypti na UFSC durante o verão, quando aumenta a probabilidade de desenvolvimento do mosquito, a Universidade relança a “Campanha de prevenção e controle da dengue nos campi da UFSC”. O Aedes aegypti também é o transmissor dos vírus causadores da febre Chikungunya e da febre Zika o que reforça a necessidade de medidas preventivas. A melhor forma de erradicar a doença é eliminando a água parada limpa ou suja, são nesses locais que as larvas do mosquito desenvolvem-se.

    Caso você encontre algum local na UFSC propício ao desenvolvimento do mosquito, informe pelo e-mail: Para locais externos à UFSC comunicar pelo e-mail , no município de Florianópolis a ocorrência deve ser comunicada também a ouvidoria municipal pelos telefones: (48) 3239-1537 ou 3239-1569.

    Medidas preventivas podem ser acessadas nos no site da Fundação Oswaldo Cruz e no site da Vigilância Sanitária de Santa Catarina.

    Mais informações sobre a campanha, a doença, medidas de prevenção e o plano de ação da Universidade no combate à doença podem ser consultadas no Plano de Prevenção e Controle da Dengue.

    O cartazes da campanha estão disponíveis na página da Coordenadoria de Gestão Ambiental.


  • Inscrições para 60 bolsas em projetos de cultura iniciam em 1º de fevereiro

    Publicado em 16/01/2017 às 7:35


    A Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) lança o Edital 006/2016 – Bolsa Cultura 2017, que disponibilizará até 60 bolsas para projetos de cultura em vigor na Universidade. O objetivo é incentivar os estudantes a participarem do processo de criação artístico-cultural desenvolvido na instituição.

    As inscrições estarão abertas entre 1º de fevereiro e 3 de março de 2017. As bolsas serão concedidas por 12 meses, no período de 1º de abril de 2017 a 31 de março de 2018.

    Maiores Informações:
    Email:
    Telefone: (48)3721-2376


  • Bolsas de Iniciação Científica: contemplados devem indicar bolsistas até quarta, dia 11

    Publicado em 06/01/2017 às 11:50

    A Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) da UFSC recebeu um comunicado do CNPq que informa a decisão em recompor os cortes de 20% no número de bolsas de Iniciação Científica (PIBIC e PIBITI) que havia sido feito em 2016. Com isso, a UFSC receberá 111 bolsas adicionais para o período de janeiro a julho de 2017.

    A lista com os professores contemplados nessa recomposição pode ser acessada no site http://pibic.propesq.ufsc.br/.

    Atenção aos curtos prazos para indicação dos bolsistas:

    11 de janeiro de 2017 (para implementação em janeiro)
    11 de fevereiro de 2017 (para implementação em fevereiro)

    A Pró-Reitoria de Pesquisa já havia divulgado a 1ª relação de professores contemplados com direito à indicação de bolsistas junto aos Programas Institucionais de Bolsas de Iniciação Científica 2016/2017 (PIBIC/CNPq – PIBIC-Af/CNPq – BIPI/UFSC). Desta relação, sessenta e dois professores são lotados no CFH.


  • CNPq realiza recomposição de bolsas PIBIC e PIBITI para os programas 2016/2017

    Publicado em 06/01/2017 às 11:50

    No esforço de recompor o quantitativo de bolsas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Pesquisa Científica (PIBIC/CNPq – PIBIC_Af/CNPq), do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Pesquisa Científica do Ensino Médio (PIBIC-EM/CNPq) e do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI/CNPq/UFSC), edição 2016/2017, o CNPq disponibilizou 111 bolsas adicionais.

    Dando sequência à classificação realizada de acordo com os editais PIBIC 2016/2017 e PIBITI 2016/2017, a PROPESQ divulga a relação dos professores contemplados nessa recomposição:

    Resultado Recomposição Edital PIBIC 2016/2017
    Resultado Recomposição Edital PIBITI 2016/2017

    O professor-orientador que aparecer listado deve acessar o Formulário PIBIC on line e, a partir da digitação do seu CPF e da sua senha, fazer a indicação do bolsista até o dia 11 de janeiro de 2017. Assim, serão implementadas em janeiro as bolsas cuja indicação seja realizada até o dia 11/janeiro e o termo de aceite confirmado pelo aluno até o dia 15/janeiro. As indicações que forem recebidas até 11/fevereiro e termo de aceite confirmado até 15/fevereiro serão implementadas a partir de fevereiro. A indicação deve ser realizada por meio da digitação do número de matrícula do aluno. Efetuada a indicação será gerado o Termo de Outorga, que deve ser devidamente assinado pelo bolsista e pelo orientador e entregue na PROPESQ. Além disso, o bolsista receberá por e-mail orientações para confirmar o termo de aceite na plataforma Carlos Chagas do CNPq.

    Os professores orientadores devem atentar para os Requisitos e Compromissos do Bolsista, conforme Edital.

    Em caso de dúvidas, os professores e orientandos podem enviar um e-mail para

    PRAZO LIMITE PARA INDICAÇÃO DO BOLSISTA PIBIC e PIBITI:
    11 de janeiro de 2017 (para implementação em janeiro)
    11 de fevereiro de 2017 (para implementação em fevereiro)


  • Mensagem de Despedida e Agradecimento

    Publicado em 20/12/2016 às 20:41

    Neste dia 25 de dezembro termina nosso mandato à frente do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da UFSC, iniciado em dezembro de 2012.

    Foi um período de atividade intensa, às vezes muito difícil, no qual procuramos dar os melhores encaminhamentos para os problemas que apareceram ao longo da jornada, mas também em lançar algumas bases e projetos para o futuro próximo.

    Fizemos todo o esforço e agimos com os recursos ao nosso alcance para a consolidação dos cursos novos de Graduação e Pós. A viabilização das condições fundamentais levantadas pelos avaliadores do INEP, com a disposição do Centro em auxiliar o esforço dos Cursos proporcionou um reconhecimento e boa avaliação para todos os cursos novos, apesar de nossas limitações.

    Procuramos e insistimos nas reformas e ampliações dos espaços físicos. Resolvemos o sério risco representado pelo abaulamento das lajes da testada acima da Sala Saramago, com a reforma daquela parte do Bloco C. Os telhados dos blocos A, B, C e D foram restaurados e receberam novas mantas de isolamento. Os pisos de várias salas do bloco B foram reformados. Apesar das limitações da Prefeitura Universitária e dos problemas com empresas contratadas, intensificamos a manutenção da rede elétrica, dos aparelhos de ar e ampliamos a rede de Internet a fio e por wifi. Ampliamos o bicicletário. Prestigiamos a coordenação da Comissão de espaço físico e a decisão do Conselho de Unidade sobre os critérios e meios de distribuição dos espaços que serão abertos nos blocos antigos com as mudanças de várias secretarias, núcleos e laboratórios aos blocos novos, que serão ocupados em breve pelo Centro.

    Criamos a Comissão do Bosque e procuramos melhorar o entorno do Centro, retirando o estacionamento ilegal existente, plantando mudas nativas, promovendo mutirões de limpeza e integrando esse espaço ao projeto de Parque UFSC.

    Diversificamos as atividades do Núcleo de Publicações – NUPPE, além da Revista de Ciências Humanas, cada vez mais conceituada e com recordes de acessos no Portal de Periódicos da UFSC, criando as coleções das Edições do Bosque, com 12 livros e um mapa já publicados.

    Mantivemos forte atividade institucional em todos os órgãos colegiados. Priorizamos o Conselho de Unidade como instância máxima em nosso âmbito, aprovamos o novo Regimento do CFH, e estimulamos a todas as representações a manutenção de um diálogo constante entre as Câmaras e o Conselho Universitário e os colegiados do Centro. Foi através do Conselho de Unidade que implementamos o encaminhamento de debates e consulta em assembleia geral sobre Empresas Juniores.

    No Conselho Universitário tivemos participação importante na discussão e definição das novas Resoluções sobre Concursos, Titulares de Carreira, Pesquisa, Viagens de Estudo, Extensão, Monitorias, Ações Afirmativas e Descentralização. Em todos estes momentos defendemos a prevalência de critérios acadêmicos, a inclusão, a democratização e a impessoalidade. Nossa posição sempre era fortalecida por ser sustentada em exame, análise e debate anteriores destas minutas, realizadas pelo nosso Conselho de Unidade.

    Desde o início da gestão procuramos uma aproximação e uma integração acadêmica com o MArquE, nosso Museu de Arqueologia e Etnografia Oswaldo Rodrigues Cabral. Depois de muito esforço do CFH e do próprio Museu, isso já é uma realidade consolidada. O Museu possui um plano museológico, um regimento e um órgão colegiado As exposições voltaram a acontecer, a pesquisa arqueológica se intensifica e os cursos de graduação do CFH já participam em várias atividades envolvendo docentes e estudantes.

    Também nos esforçamos, juntamente com a Comissão de implantação do Centro de Pesquisa e Documentação da UFSC, para a viabilização, junto à administração central, dos recursos necessários para a realização das obras de seu futuro prédio, além da definição de um regimento, a sensibilização da UFSC para a importância desse projeto e o mapeamento dos acervos documentais existentes na Universidade.

    Agradecemos pelo apoio firme e constante que recebemos de toda a comunidade do Centro no episódio de violação da autonomia universitária, em 25 de março de 2014. Aquele episódio nos revelou o início do estado de abuso das forças do Ministério Público e da Polícia Federal.

    Ao longo da gestão, procuramos uma relação direta com os técnico-administrativos, ouvindo suas necessidades e demandas e conciliando as necessidades do serviço com os perfis individuais e as preferências dos profissionais. Apesar de contar com um número cada vez menor de técnicos, sugerimos para o futuro próximo uma integração de secretarias, o que poderá otimizar as demandas do público e as necessidades de capacitação e melhoria do serviço.

    Em relação aos estudantes, procuramos uma relação direta e horizontal, buscando atender às suas demandas, promovendo e apoiando as Semanas de Integração, as Semanas dos CAs, e abrindo uma interlocução quando dos grandes movimentos estudantis, tal como ocorreu com a ocupação do CFH em novembro deste ano. O debate com o movimento estudantil foi importante para lembrar-nos que estamos numa Instituição que pulsa, composta por milhares de jovens que possuem suas linguagens e seus horizontes geracionais, que precisam ser compreendidos e considerados no âmbito da vida universitária

    Desejamos a todos(as) boas festas e um 2017 com saúde, realizações e alegrias.

    Paulo Pinheiro Machado e Sônia Weidner Maluf


  • Conselho de Unidade do CFH subscreve Nota em defesa dos direitos territoriais indígenas

    Publicado em 16/12/2016 às 9:29

    Em reunião realizada nesta quinta, dia 15 de dezembro, o Conselho de Unidade do CFH decidiu subscrever a seguinte Nota, já assinada por centenas de entidades e órgão ligados às populações indígenas do Brasil.

    “NOTA DE REPÚDIO À PROPOSTA DO GOVERNO TEMER PARA RETIRAR DIREITOS DOS POVOS INDÍGENAS SOBRE SUAS TERRAS As organizações e grupos abaixo assinados, em apoio aos povos indígenas do Brasil, manifestam repúdio à minuta de “Proposta de regulamentação da demarcação de terras indígenas” que, somada a outras medidas de retrocessos de direitos constitucionais em diversas áreas sociais, estão sendo impostas pelo atual governo à sociedade brasileira à revelia da lei, de maneira atropelada, autoritária e ilegítima. Sem qualquer diálogo com o Conselho Nacional de Política Indigenista CNPI, nem consulta prévia aos povos indígenas, a minuta de decreto, que veio à público pela imprensa no dia 12.12.2016, contraria a legislação vigente e a jurisprudência e impossibilita a resolução dos conflitos atuais, pelos motivos que seguem:

    1. Desrespeita a Constituição Federal Brasileira de 1988 ao ignorar o direito originário que os povos indígenas detêm sobre suas terras e recursos naturais, ou seja, direito que antecede à constituição do Estado brasileiro, além de tratar direitos fundamentais como objeto de negociação, desconfigurando a noção de usufruto exclusivo e o caráter imprescritível do direito indígena sobre suas terras.

    2. Desrespeita o direito à consulta livre, prévia e informada, garantida pela Convenção 169/OIT ao preparar um Decreto de extremo impacto sobre os povos indígenas, não apenas sem consultá-los, no apagar das luzes de um ano difícil como o de 2016, numa clara manifestação de máfé.
    Continue a leitura » »


  • Não haverá expediente no CFH no dia 12 de dezembro

    Publicado em 05/12/2016 às 17:25

    Informamos que, em função do Vestibular, a ser realizado nos dias 10, 11 e 12 de dezembro, na segunda, dia 12, não haverá expediente no CFH. A sexta, dia 9, será de atividade normal no Centro.


  • Nota de falecimento

    Publicado em 01/12/2016 às 19:07

    Com pesar, comunicamos o falecimento do estudante da graduação em Ciências Sociais Maurício Blasi. Maurício cursava a 5a fase e estava em tratamento de saúde durante este semestre. A direção do CFH se solidariza com os familiares, amigos, colegas e professores de Maurício.


  • Promoção para Titular de Carreira – Defesa dos memoriais de Atividades Acadêmicas

    Publicado em 01/12/2016 às 15:09

    O Centro de Filosofia e Ciências Humanas convida para as sessões públicas de defesa dos Memoriais de Atividades Acadêmicas dos Professores Edison Ramos Tomazzoli (Departamento de Geociências); Ricardo Gaspar Müller (Departamento de Sociologia e Ciência Política); Eunice Sueli Nodari, João Klug, Ana Lúcia Vulfe Nötzold, Cristina Scheibe Wolff (Departamento de História) e Nícia Duarte da Silveira (Departamento de Psicologia).

    As defesas fazem parte parte do processo de Promoção funcional ao topo da Carreira do Magistério Superior – classe E (Titular de Carreira), conforme o disposto na Resolução Normativa nº 40/CUn/2014.

    DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS
    Nome Banca Data e Local da Defesa Ata da Sessão Pública
    Edison Ramos Tomazzoli - Léo Afonso Staudt (Titular – UFSC)- Marco Antonio Franciotti (Suplente – UFSC)

    - Gisálio Cerqueira Filho (Titular – UFF/RJ)

    - Maria Izilda Santos de Matos (Titular – PUC/SP)

    - Ronaldo Rosas Reis (Titular – UFF/RJ)

    Portaria nº 220/2016/CFH

    05/129hSala 10 – Usos Múltiplos

    Departamento de História

     Ata Defesa MAA_Edison Ramos Tomazzoli

     

     

     

    DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA E CIÊNCIA POLÍTICA
    Nome Banca Data e Local da Defesa Ata da Sessão Pública
    Ricardo Gaspar Müller - Léo Afonso Staudt (Titular – UFSC)- Marco Antonio Franciotti (Suplente – UFSC)

    - Gisálio Cerqueira Filho(Titular – UFF/RJ)

    - Maria Izilda Santos de Matos(Titular – PUC/SP)

    - Ronaldo Rosas Reis (Titular – UFF/RJ)

    Portaria nº 220/2016/CFH

    05/1214h 

    Sala 10 – Usos Múltiplos

    Departamento de História

     Ata Defesa MAA_Ricardo Gaspar Müller

     

    DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA
    Nome Banca Data e Local da Defesa Ata da Sessão Pública
    Eunice Sueli Nodari - Léo Afonso Staudt (Titular – UFSC)- Marco Antonio Franciotti (Suplente – UFSC)

    - Gisálio Cerqueira Filho(Titular – UFF/RJ)

    - Maria Izilda Santos de Matos(Titular – PUC/SP)

    - Ronaldo Rosas Reis (Titular – UFF/RJ)

    Portaria nº 220/2016/CFH

    06/129h 

    Sala 10 – Usos Múltiplos

    Departamento de História

    Ata Defesa MAA_Eunice Sueli Nodari
    João Klug - Léo Afonso Staudt (Titular – UFSC)- Marco Antonio Franciotti (Suplente – UFSC)

    - Gisálio Cerqueira Filho(Titular – UFF/RJ)

    - Maria Izilda Santos de Matos(Titular – PUC/SP)

    - Ronaldo Rosas Reis (Titular – UFF/RJ)

    Portaria nº 220/2016/CFH

     06/1214h 

    Sala 10 – Usos Múltiplos

    Departamento de História

     Ata Defesa MAA_João Klug
    Ana Lúcia Vulfe Nötzold - Léo Afonso Staudt (Titular – UFSC)- Marco Antonio Franciotti (Suplente – UFSC)

    - Gisálio Cerqueira Filho(Titular – UFF/RJ)

    - Maria Izilda Santos de Matos(Titular – PUC/SP)

    - Ronaldo Rosas Reis (Titular – UFF/RJ)

    Portaria nº 220/2016/CFH

    06/1217h30Sala 10 – Usos Múltiplos

    Departamento de História

     Ata Defesa MAA_Ana lúcia Vulfe Nötzold
    Cristina Scheibe Wolff - Léo Afonso Staudt (Titular – UFSC)- Marco Antonio Franciotti (Suplente – UFSC)

    - Gisálio Cerqueira Filho(Titular – UFF/RJ)

    - Maria Izilda Santos de Matos(Titular – PUC/SP)

    - Ronaldo Rosas Reis (Titular – UFF/RJ)

    Portaria nº 220/2016/CFH

    07/129h 

    Sala 10 – Usos Múltiplos

    Departamento de História

     Ata Defesa MAA_Cristina Scheibe Wolff

     

    DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA
    Nome Banca Data e Local da Defesa Ata da Sessão Pública
    Nícia Luiza Duarte da Silveira - Léo Afonso Staudt (Titular – UFSC)- Marco Antonio Franciotti (Suplente – UFSC)- Gisálio Cerqueira Filho(Titular – UFF/RJ)- Maria Izilda Santos de Matos(Titular – PUC/SP)- Ronaldo Rosas Reis (Titular – UFF/RJ)

    Portaria nº 220/2016/CFH

    07/1214h 

    Sala 10 – Usos Múltiplos

    Departamento de História

     Ata Defesa MAA_Nicia L. D. da Silveira

     


  • Licenciatura Indígena da UFSC promove a palestra “Uma revisão crítica da história do Brasil: um lugar para o protagonismo indígena”

    Publicado em 30/11/2016 às 17:40

    palestra ProtagonismoIndígena

     

    Neste sábado, dia 3 de dezembro, as 10h, no auditório do CFH o professor de Antropologia da UFRJ, Dr. João Pacheco de Oliveira, ministrará a palestra “Uma revisão crítica da história do Brasil: um lugar para o protagonismo indígena”. O evento é aberto à toda a comunidade e também conta com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da UFSC.